Ministério da Cultura Brasil
quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 RSS Cultura em Movimento Fale com o Ministério
« Voltar Imprimir

MinC divulga primeiro Anuário de Estatísticas Culturais do País

Iniciativa faz parte de sistema de informações que será um dos pilares do PNC

Entre 2005 e 2006 caiu o número de municípios brasileiros que possuem certos  equipamentos culturais como rádios FM locais (-33,1%), cinemas (-4,3%),   livrarias (-3,1%), e rádios AM locais (2,5%). Em contrapartida, aumentou o número de municípios brasileiros que possuem museus (7%), bibliotecas públicas (4,8%) e teatro/salas de espetáculo (1,5%). Esses são alguns destaques de Cultura em Números – Anuário de Estatísticas Culturais 2009, cujo lançamento será nesta quarta-feira (9), junto com a apresentação do substitutivo do Plano Nacional de Cultura, na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Cultura em Números faz parte de uma política de informações e indicadores culturais do Ministério da Cultura (MinC) e pretende contribuir para a consolidação do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), um dos pilares do Plano Nacional de Cultura.

O anuário foi desenvolvido, ao longo de 2007 e 2008, pela Gerência de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Políticas Culturais do MinC. A publicação reúne informações quantitativas sobre as diversas expressões culturais – cultura popular, teatro, biblioteca pública, museu, artes plásticas, cinema, entre outras – divididas em cinco áreas: Oferta da Cultura; Demanda da Cultura; Indicadores Culturais; Financiamento da Cultura e Gestão Pública da Cultura.

Diversas fontes de dados foram utilizadas, mas a principal foi o Suplemento de Cultura da Pesquisa de Informações Básicas Municipais – MUNIC 2006, uma parceria do MinC com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com base nos microdados da pesquisa o Cultura em Números – Anuário de Estatísticas Culturais 2009 traz centenas de tabelas e gráficos que apresentam uma distribuição nacional, por unidade da federação (UF), identificando os estados com maior percentual de municípios com cinemas, teatros, bibliotecas, etc., além de revelar a evolução (positiva ou negativa) dos equipamentos culturais em cada região brasileira.

Levou-se em consideração o fato de que os estados que apresentam menor número de municípios têm maior possibilidade de alcançar maiores números porcentuais. O porcentual de municípios é calculado por meio da divisão do número de municípios de cada unidade da federação (UF) que possui determinado equipamento cultural, pelo número total de municípios da UF e multiplicado por 100.

Acesse a publicação na íntegra (ela foi atualizada, incorporando a errata anteriormente publicada à parte).

Lançamento

Comissão de Educação e Cultura – Câmara dos Deputados

Anexo II, Pav. Superior, Ala C, Sala 170

Quarta-feira, 9 de setembro, 10h


Rio de Janeiro é o estado com maior percentual de municípios que possuem cinemas

Segundo a MUNIC 2006/IBGE, somente 8,7% dos municípios brasileiros possuem cinema. Com base nos microdados da pesquisa o ANUÁRIO 2009 revelou que o Rio de Janeiro lidera o ranking por unidade da federação: 41,3% dos municípios fluminenses declararam possuir cinema. São Paulo vem em segundo lugar, com quase metade desse percentual: 22,23%. O Amapá aparece em terceiro com 18,75%. O Maranhão é o último colocado (1,38%).

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS COM CINEMA POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição Cinema

Brasil

8,70%

1

Rio de Janeiro

41,30%

2

São Paulo

22,33%

3

Amapá

18,75%

4

Espírito Santo

16,67%

5

Rondônia

11,54%

6

Acre

9,09%

7

Minas Gerais

8,56%

8

Santa Catarina

8,53%

9

Paraná

8,27%

10

Pernambuco

8,11%

11

Rio Grande do Sul

7,86%

12

Goiás

6,91%

13

Roraima

6,67%

14

Mato Grosso do Sul

6,41%

15

Mato Grosso

6,38%

16

Pará

5,59%

17

Bahia

4,56%

18

Ceará

3,80%

19

Amazonas

3,23%

20

Sergipe

2,67%

21

Paraíba

2,24%

22

Tocantins

2,16%

23

Alagoas

1,96%

24

Rio Grande do Norte

1,80%

25

Piauí

1,79%

26

Maranhão

1,38%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cai o percentual de municípios brasileiros (-4,3%) que possuem salas de cinemas, entre 2005 e 2006

O ANUÁRIO 2009 identificou uma redução de 4,3% (de 504 para 482) no número absoluto de municípios com salas de cinemas no período 2005/2006. A região Norte foi a única a apresentar saldo positivo de 25%. Em seguida vêm as regiões Sudeste (-2,54%), Centro-Oeste (-3,03%) e Nordeste (-9,09%). A região Sul foi a que apresentou um decréscimo mais acentuado (-11%).  Os estados que tiveram melhor desempenho foram: Amapá (200%), Acre (100%) e Sergipe (100%).

EVOLUÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM  CINEMAS NAS REGIÕES

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

4

6

50

AC

1

2

100

AM

3

2

-33,33

RR

1

1

0

PA

7

8

14,29

AP

1

3

200

TO

3

3

0

Total

20

25

25

Região Nordeste

MA

4

3

-25

PI

4

4

0

CE

9

7

-22,22

RN

6

3

-50

PB

5

5

0

PE

14

15

7,14

AL

2

2

0

SE

1

2

100

BA

21

19

-9,52

Total

66

60

-9,09

Região Sudeste

MG

78

73

-6,41

ES

14

13

-7,14

RJ

39

38

-2,56

SP

144

144

0

Total

275

268

-2,54

Região Sul

PR

39

33

-15,38

SC

26

25

-3,85

RS

44

39

-11,36

Total

109

97

-11

Região Centro-Oeste

MS

5

5

0

MT

14

9

-35,71

GO

13

17

30,76

DF

1

1

0

Total

33

32

-3,03

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Pernambuco é o estado com maior percentual de municípios com lojas de discos, CDs, DVDs e fitas

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 59,8% dos municípios brasileiros dispõem de lojas de discos, CDs, DVDs e fitas. De acordo com o ANUÁRIO 2009, Pernambuco é o estado que lidera o ranking: 86,49% das cidades pernambucanas contam com essas lojas. Na segunda colocação aparece o Rio de Janeiro com 83,7% seguido por Roraima com 80%. O Amapá fica em último lugar (25%).

PERCENTUAL DE MUNICÍPOS COM LOJAS DE DISCO, CD, DVD e FITAS POR UNIDADE  FEDERATIVA

Distribuição Lojas de Disco, Cd, Dvd e Fitas

Brasil

59,80%

1

Pernambuco

86,49%

2

Rio de Janeiro

83,70%

3

Roraima

80,00%

4

Espírito Santo

78,21%

5

Ceará

73,91%

6

Paraíba

73,09%

7

Mato Grosso

71,63%

8

Mato Grosso do Sul

66,67%

9

Bahia

64,99%

10

Santa Catarina

64,85%

11

Alagoas

64,71%

12

Acre

63,64%

13

Rio Grande do Sul

63,31%

14

Paraná

63,16%

15

Pará

61,54%

16

Maranhão

60,83%

17

São Paulo

59,84%

18

Minas Gerais

51,70%

19

Goiás

50,41%

20

Amazonas

50,00%

21

Piauí

41,70%

22

Sergipe

41,33%

23

Rio Grande do Norte

40,72%

24

Rondônia

40,38%

25

Tocantins

26,62%

26

Amapá

25,00%

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Cresce o percentual de municípios brasileiros (9,1%) com lojas de discos, entre 2005 e 2006

Os dados do ANUÁRIO 2009 demonstram que houve um crescimento de 9,1% (3046 para 3326) do número absoluto de municípios com lojas de discos CDs, DVDs e fitas, no biênio 2005/2006. A região Nordeste teve a maior evolução (14,28%), seguida pelas regiões Norte (10,69%), Sudeste (7,7%), Centro-Oeste (6,92%) e Sul (4,56%). Tocantins foi a unidade da federação com maior incremento de lojas (54,16%), seguido por Alagoas (29,41%) e Piauí (29,16). O Amazonas ficou na última posição, com índice negativo: -20,51%.

EVOLUÇÃO DAS LOJAS DE DISCO NAS REGIÕES

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

22

21

-4,54

AC

10

14

40

AM

39

31

-20,51

RR

8

12

50

PA

80

88

10

AP

4

4

0

TO

24

37

54,16

Total

187

207

10,69

Região Nordeste

MA

107

132

23,36

PI

72

93

29,16

CE

130

136

4,61

RN

70

68

-2,85

PB

125

163

30,4

PE

150

160

6,66

AL

51

66

29,41

SE

29

31

6,89

BA

246

271

10,16

Total

980

1120

14,28

Região Sudeste

MG

415

441

6,26

ES

60

61

1,66

RJ

73

77

5,47

SP

348

386

10,91

Total

896

965

7,7

Região Sul

PR

236

252

6,77

SC

185

190

2,7

RS

302

314

3,97

Total

723

756

4,56

Região Centro-Oeste

MS

53

52

-1,88

MT

87

101

16,09

GO

119

124

4,2

DF

1

1

0

Total

260

278

6,92

Fonte: IBGE/MUNIC 2005/2006. Elaboração MinC

Rio de Janeiro também lidera em relação a teatros

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 21,20% dos municípios brasileiros declararam possuir teatros/salas de espetáculos. De acordo com o ANUÁRIO 2009 o Rio de Janeiro é a unidade da federação com maior percentual: 58,70% das cidades fluminenses possuem teatros. Em segundo lugar aparece o estado do Acre (40,91%). São Paulo aparece na terceira colocação (36,12%). Tocantins fica na última posição (4,32%).

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS COM TEATRO/SALA DE ESPETÁCULO POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição Teatro

Brasil

21,20%

1

Rio de Janeiro

58,70%

2

Acre

40,91%

3

São Paulo

36,12%

4

Ceará

34,78%

5

Paraná

32,58%

6

Espírito Santo

26,92%

7

Roraima

26,67%

8

Bahia

23,26%

9

Pernambuco

22,70%

10

Pará

22,38%

11

Mato Grosso do Sul

21,79%

12

Minas Gerais

19,23%

13

Rio Grande do Sul

19,15%

14

Santa Catarina

16,72%

15

Mato Grosso

12,77%

16

Alagoas

12,75%

17

Rio Grande do Norte

12,57%

18

Amapá

12,50%

19

Paraíba

12,11%

20

Goiás

11,79%

21

Amazonas

11,29%

22

Sergipe

10,67%

23

Rondônia

9,62%

24

Maranhão

9,22%

25

Piauí

5,83%

26

Tocantins

4,32%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cresce o percentual de municípios brasileiros (1,5%) que possuem salas de teatro, entre 2005 e 2006

De acordo com o ANUÁRIO 2009 houve crescimento de 1,5% (1163 para 1181) no número absoluto de municípios com salas de teatro do país, no período entre 2005 e 2006. Todas as regiões do país, exceto a Sul, apresentaram percentuais positivos. A região Norte teve o melhor desempenho (16,07%), seguida das regiões Sudeste (5,83%), Nordeste (1,67%) e Centro-Oeste (1,56%). A região Sul foi a única na qual houve retração: -7,74%.

O estado do Amapá apresentou o maior índice de aumento (100%), seguido pelo Pará (52,38%), Alagoas (44,44%) e Espírito Santo (40%). O Amazonas ficou na última posição, com índice negativo: -36,36%.

EVOLUÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM  TEATROS NAS REGIÕES

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

6

5

-16,67

AC

5

9

80

AM

11

7

-36,36

RR

4

4

0

PA

21

32

52,38

AP

1

2

100

TO

8

6

-25

Total

56

65

16,07

Região Nordeste

MA

24

20

-16,67

PI

16

13

-18,75

CE

64

64

0

RN

22

21

-4,55

PB

35

27

-22,86

PE

45

42

-6,67

AL

9

13

44,44

SE

6

8

33,33

BA

79

97

22,78

Total

300

305

1,67

Região Sudeste

MG

155

164

5,81

ES

15

21

40

RJ

48

54

12,5

SP

228

233

2,19

Total

446

472

5,83

Região Sul

PR

141

130

-7,8

SC

45

49

8,89

RS

111

95

-14,41

Total

297

274

-7,74

Região Centro-Oeste

MS

13

17

30,77

MT

15

18

20

GO

35

29

-17,14

DF

1

1

0

Total

64

65

1,56

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Rio Grande do Sul é o estado com maior percentual de municípios que possuem museus

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 21,20% dos municípios brasileiros declararam ter museus. De acordo com o ANUÁRIO 2009 o Rio Grande do Sul encabeça a lista dos estados que possuem mais municípios que têm museus: 46,17%. Em segundo lugar aparece o Rio de Janeiro (42,39%), seguido por Santa Catarina (38,91%). Tocantins fica em último lugar (4,32%).

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS QUE POSSUEM MUSEUS POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição de Museus

Brasil

21,90%

1

Rio Grande do Sul

46,17%

2

Rio de Janeiro

42,39%

3

Santa Catarina

38,91%

4

Espírito Santo

34,62%

5

São Paulo

31,47%

6

Ceará

30,43%

7

Mato Grosso do Sul

24,36%

8

Acre

22,73%

9

Paraná

21,55%

10

Pernambuco

20,54%

11

Minas Gerais

18,41%

12

Paraíba

17,04%

13

Rio Grande do Norte

14,97%

14

Alagoas

14,71%

15

Rondônia

13,46%

16

Goiás

12,60%

17

Amapá

12,50%

18

Sergipe

12,00%

19

Bahia

10,55%

20

Piauí

9,87%

21

Pará

9,79%

22

Mato Grosso

9,22%

23

Amazonas

8,06%

24

Roraima

6,67%

25

Maranhão

5,99%

26

Tocantins

4,32%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cresce o percentual de municípios brasileiros (7%) que possuem museus, entre 2005 e 2006

De acordo com o ANUÁRIO 2009 houve crescimento de 7% (1139 para 1219) no número absoluto de municípios com museus brasileiros no período entre 2005 e 2006. A região Centro-Oeste (14,29%) registrou o maior percentual de aumento, seguida pelas regiões Nordeste (13,54%), Norte (8,11%), Sudeste (5,19%) e Sul (4,13%).

A unidade da federação que teve o maior aumento percentual de municípios com museus foi Rondônia (75%). Em seguida vieram os estados de Sergipe (50%), Paraíba (46,17%) e Piauí (22,22%) com os melhores desempenhos. Tocantins teve o pior resultado: -14,29%.

EVOLUÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM MUSEUS NAS REGIÕES

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

4

7

75

AC

4

5

25

AM

5

5

0

RR

1

1

0

PA

12

14

16,67

AP

4

2

-50

TO

7

6

-14,29

Total

37

40

8,11

Região Nordeste

MA

10

13

30

PI

18

22

22,22

CE

51

56

9,8

RN

23

25

8,7

PB

26

38

46,15

PE

40

38

-5

AL

14

15

7,14

SE

6

9

50

BA

41

44

7,32

Total

229

260

13,54

Região Sudeste

MG

153

157

2,61

ES

28

27

-3,57

RJ

36

39

8,33

SP

188

203

7,98

Total

405

426

5,19

Região Sul

PR

85

86

1,18

SC

106

114

7,55

RS

221

229

3,62

Total

412

429

4,13

Região Centro-Oeste

MS

18

19

5,56

MT

11

13

18,18

GO

26

31

19,23

DF

1

1

0

Total

56

64

14,29

Fonte: IBGE/MUNIC 2005/2006. Elaboração MinC

Rio de Janeiro e Espírito Santo possuem bibliotecas em todos os municípios

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 89,05% dos municípios brasileiros declararam ter bibliotecas públicas. De acordo com o ANUÁRIO 2009 o Rio de Janeiro e o Espírito Santo lideram o ranking das unidades da federação com maior percentual de municípios que possuem bibliotecas. Ambos os estados contam com este equipamento cultural em 100% dos municípios Pernambuco aparece em segundo lugar (97,08%) e Mato Grosso do Sul em terceiro (96,15%). O Amazonas ocupa a última posição com apenas 59,68%.

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS COM BIBLIOTECAS PÚBLICAS IMPLANTADAS POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição de Biblioteca Pública

Brasil

89,05%

1

Espírito Santo

100%

2

Rio de Janeiro

100%

3

Pernambuco

97,84%

4

Mato Grosso do Sul

96,15%

5

São Paulo

94,88%

6

Rio Grande do Norte

94,61%

7

Ceará

94,02%

8

Santa Catarina

91,81%

9

Paraná

91,48%

10

Goiás

91,46%

11

Tocantins

91,37%

12

Alagoas

91,18%

13

Pará

90,91%

14

Sergipe

90,67%

15

Minas Gerais

89,57%

16

Rio Grande do Sul

89,31%

17

Amapá

87,50%

18

Rondônia

86,54%

19

Mato Grosso

86,52%

20

Bahia

80,34%

21

Paraíba

80,27%

22

Piauí

78,92%

23

Maranhão

76,96%

24

Acre

72,73%

25

Roraima

66,67%

26

Amazonas

59,68%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cresce o percentual de municípios brasileiros (4,8%) que possuem bibliotecas públicas, entre 2005 e 2006

De acordo com o ANUÁRIO 2009 houve crescimento de 4,8% (4724 para 4955) no número absoluto de municípios com bibliotecas públicas do país, no período entre 2005 e 2006. Todas as regiões apresentaram aumento deste equipamento cultural: Centro-Oeste (7,9%), Nordeste (7,06%), Sul (4,05%), Norte (3,26%) e Sudeste (3,13%).

O estado que registrou o maior aumento percentual de municípios com bibliotecas, no período, foi o Piauí (25,71%), seguido de Roraima (25%). O Amazonas ocupa a última posição do ranking, com índice negativo: -15,9%.

EVOLUÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM BIBLIOTECAS PÚBLICAS NO BRASIL

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

45

45

0

AC

15

16

6,66

AM

44

37

-15,9

RR

8

10

25

PA

123

130

5,69

AP

13

14

7,69

TO

119

127

6,72

Total

367

379

3,26

Região Nordeste

MA

165

167

1,21

PI

140

176

25,71

CE

174

173

0,57

RN

152

158

3,94

PB

168

179

6,54

PE

172

181

5,23

AL

86

93

8,13

SE

61

68

11,47

BA

311

335

7,71

Total

1429

1530

7,06

Região Sudeste

MG

733

764

4,22

ES

77

78

1,29

RJ

91

92

1,09

SP

598

612

2,34

Total

1499

1546

3,13

Região Sul

PR

345

365

5,79

SC

258

269

4,26

RS

432

443

2,54

Total

1035

1077

4,05

Região Centro-Oeste

MS

76

75

-1,31

MT

109

122

11,92

GO

206

225

9,22

DF

1

1

0

Total

392

423

7,9

Fonte: IBGE/MUNIC 2005/2006. Elaboração MinC

Paraná é o estado com maior percentual de municípios com livrarias

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 34% dos municípios brasileiros possuem livrarias. De acordo com o ANUÁRIO 2009 o Paraná é o estado que conta com maior percentual de municípios (51,63%) que têm livraria. O Rio de Janeiro (51,09%) ocupa a segunda colocação, seguido pelo Rio Grande do Sul (50,40%). O Piauí tem o pior índice: 8,07%.

PERCENTUAL DE MUNICÍOS COM LIVRARIAS POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição Livraria

Brasil

30,00%

1

Paraná

51,63%

2

Rio de Janeiro

51,09%

3

Rio Grande do Sul

50,40%

4

Santa Catarina

47,10%

5

Mato Grosso

39,01%

6

São Paulo

36,90%

7

Mato Grosso do Sul

35,90%

8

Pernambuco

32,97%

9

Amapá

31,25%

10

Bahia

29,26%

11

Ceará

28,26%

12

Rondônia

26,92%

13

Pará

25,87%

14

Maranhão

25,35%

15

Espírito Santo

24,36%

16

Goiás

21,14%

17

Minas Gerais

20,52%

18

Acre

18,18%

19

Alagoas

17,65%

20

Sergipe

17,33%

21

Roraima

13,33%

22

Amazonas

12,90%

23

Tocantins

10,07%

24

Rio Grande do Norte

9,58%

25

Paraíba

8,52%

26

Piauí

8,07%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cai o percentual de municípios (-3,1%) que possuem livrarias, entre 2005 e 2006

Conforme o ANUÁRIO 2009 houve redução de 3,1% (1721 para 1667) no número absoluto de municípios com livrarias do país, no período entre 2005 e 2006. As regiões Norte (-20,75%), Centro-Oeste (-11,11%) e Nordeste (-10,1%) sofreram uma diminuição no número desses municípios, no período. A região Sul apresentou variação positiva irrisória (0,17%) e somente a região Sudeste (5,74%) apresentou índice significativo. Os estados com melhor desempenho foram Amapá (66,67%), Acre (33,33%) e Piauí (20%). A Paraíba (-45,71%) ocupa a última posição.

EVOLUÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM LIVRARIAS NAS REGIÕES

Estado

2005

2006

Evolução %

Região Norte

RO

25

14

-44

AC

3

4

33,33

AM

12

8

-33,33

RR

3

2

-33,33

PA

41

37

-9,76

AP

3

5

66,67

TO

19

14

-26,32

Total

106

84

-20,75

Região Nordeste

MA

63

55

-12,7

PI

15

18

20

CE

57

52

-8,77

RN

22

16

-27,27

PB

35

19

-45,71

PE

58

61

5,17

AL

27

18

-33,33

SE

17

13

-23,53

BA

122

122

0

Total

416

374

-10,1

Região Sudeste

MG

155

175

12,9

ES

26

19

-26,92

RJ

45

47

4,44

SP

227

238

4,85

Total

453

479

5,74

Região Sul

PR

198

206

4,04

SC

139

138

-0,72

RS

256

250

-2,34

Total

593

594

0,17

Região Centro-Oeste

MS

42

28

-33,33

MT

54

55

1,85

GO

56

52

-7,14

DF

1

1

0

Total

153

136

-11,11

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Mato Grosso do Sul é o estado com maior percentual de municípios com rádios AM

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 21,20% dos municípios brasileiros possuem rádios AM locais. De acordo com o ANUÁRIO 2009 o Mato Grosso do Sul (37,18%) lidera a distribuição nacional por unidade da federação. Na segunda colocação aparece o Rio de Janeiro (34,78%) e em terceiro lugar o Paraná (32,08%). O Tocantins ocupa a última posição, com apenas 7,91% dos municípios com rádios AM.

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS QUE POSSUEM RÁDIO AM LOCAL POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição Rádio AM

Brasil

21,20%

1

Mato Grosso do Sul

37,18%

2

Rio de Janeiro

34,78%

3

Paraná

32,08%

4

Rio Grande do Sul

29,03%

5

São Paulo

28,22%

6

Santa Catarina

27,99%

7

Acre

27,27%

8

Ceará

26,63%

9

Mato Grosso

24,11%

10

Amazonas

20,97%

11

Rondônia

19,23%

12

Espírito Santo

19,23%

13

Amapá

18,75%

14

Minas Gerais

17,47%

15

Pará

16,78%

16

Pernambuco

16,76%

17

Goiás

16,67%

18

Maranhão

16,13%

19

Piauí

14,80%

20

Bahia

14,63%

21

Roraima

13,33%

22

Sergipe

13,33%

23

Rio Grande do Norte

13,17%

24

Alagoas

9,80%

25

Paraíba

9,42%

26

Tocantins

7,91%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cai o número de municípios brasileiros (-2,5%) que possuem rádios AM locais, entre 2005 e 2006

Conforme o ANUÁRIO 2009 houve redução de 2,5% (1209 para 1178) no número absoluto de municípios com rádios AM locais em todo o país, no período entre 2005 e 2006. A diminuição ocorreu em quatro das cinco regiões brasileiras: Norte (-10,39%), Nordeste (-4,56%), Sudeste (-2,83%) e Sul (-0,28%). A exceção fica por conta da região Centro-Oeste que apresentou um aumento de 1,94%. Entre os estados, o maior aumento ficou com Tocantins que apresentou uma evolução de 83,33% no número de rádios AM. Roraima (-33,33%) ocupa a última posição.

EVOLUÇÃO DA RÁDIO AM LOCAL NOS MUNICÍPIOS

Estado 2005 2006 Evolução %

Região Norte

RO

14

10

-28,57

AC

6

6

0

AM

20

13

-35

RR

3

2

-33,33

PA

25

24

-4

AP

3

3

0

TO

6

11

83,33

Total

77

69

-10,39

Região Nordeste

MA

36

35

-2,78

PI

32

33

3,13

CE

52

49

-5,77

RN

23

22

-4,35

PB

23

21

-8,7

PE

32

31

-3,13

AL

12

10

-16,67

SE

7

10

42,86

BA

68

61

-10,29

Total

285

272

-4,56

Região Sudeste

MG

140

149

6,43

ES

14

15

7,14

RJ

41

32

-21,95

SP

194

182

-6,19

Total

389

378

-2,83

Região Sul

PR

120

128

6,67

SC

86

82

-4,65

RS

149

144

-3,36

Total

355

354

-0,28

Região Centro-Oeste

MS

28

29

3,57

MT

35

34

-2,86

GO

39

41

5,13

DF

1

1

0

Total

103

105

1,94

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Pernambuco é o estado com maior percentual de municípios que possuem rádios FM locais

Segundo a MUNIC 2006/IBGE 34,3% dos municípios brasileiros possuem rádios FM locais. De acordo com o ANUÁRIO 2009 Pernambuco é o estado que possui mais municípios (63,78%) com este equipamento cultural, seguido pelo Rio de Janeiro (55,43%) e Espírito Santo (55,13%). O Rio Grande do Norte (10,78%) fica em último lugar.

PERCENTUAL DE MUNICÍPIOS QUE POSSUEM RÁDIO FM LOCAL POR UNIDADE FEDERATIVA

Distribuição Rádio FM

Brasil

34,30%

1

Pernambuco

63,78%

2

Rio de Janeiro

55,43%

3

Espírito Santo

55,13%

4

Ceará

48,91%

5

Pará

43,36%

6

Minas Gerais

42,44%

7

São Paulo

39,69%

8

Bahia

38,13%

9

Mato Grosso

37,59%

10

Maranhão

37,33%

11

Rondônia

36,54%

12

Amazonas

33,87%

13

Mato Grosso do Sul

32,05%

14

Paraná

31,83%

15

Acre

31,82%

16

Amapá

31,25%

17

Goiás

28,86%

18

Santa Catarina

28,67%

19

Alagoas

27,45%

20

Rio Grande do Sul

25,40%

21

Sergipe

20,00%

22

Paraíba

15,25%

23

Piauí

14,80%

24

Roraima

13,33%

25

Tocantins

12,23%

26

Rio Grande do Norte

10,78%

Fonte: IBGE/MUNIC 2006. Elaboração MinC

Cai o número de municípios brasileiros (-33,1%) que possuem rádios FM locais, entre 2005 e 2006

Conforme o ANUÁRIO 2009 houve redução de 33,1% (2854 para 1908) no número absoluto de municípios com rádios FM locais em todo o país, no período entre 2005 e 2006. A região Nordeste registrou o maior decréscimo: -43,03%. Entre os estados, apenas Acre (16,76%) e Sergipe (15,38%) apresentaram evolução positiva na quantidade de rádios FM.

EVOLUÇÃO DA RÁDIO FM LOCAL NOS MUNICÍPIOS

Estado 2005 2006 Evolução %

Região Norte

RO

25

19

-24

AC

6

7

16,67

AM

33

21

-36,36

RR

3

2

-33,33

PA

87

62

-28,74

AP

10

5

-50

TO

23

17

-26,09

Total

187

133

-28,88

Região Nordeste

MA

154

81

-47,4

PI

161

33

-79,5

CE

147

90

-38,78

RN

63

18

-71,43

PB

96

34

-64,58

PE

129

118

-8,53

AL

52

28

-46,15

SE

13

15

15,38

BA

196

159

-18,88

Total

1011

576

-43,03

Região Sudeste

MG

477

362

-24,11

ES

44

43

-2,27

RJ

68

51

-25

SP

353

256

-27,48

Total

942

712

-24,42

Região Sul

PR

148

127

-14,19

SC

102

84

-17,65

RS

209

126

-39,71

Total

459

337

-26,58

Região Centro-Oeste

MS

55

25

-54,55

MT

89

53

-40,45

GO

110

71

-35,45

DF

1

1

0

Total

255

150

-41,18

Fonte: IBGE/MUNIC. Elaboração MinC

Compartilhe:
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • MySpace
  • TwitThis
  • email
  • LinkedIn

Participação do Leitor

max. 1000 caracteres



6 comentários